Seguidores

terça-feira, 18 de maio de 2010

TERAPIA DO ELOGIO

Recebi esse texto da minha aluna Rosilene, do 5º Período Serviço Social, e repasso para vocês!

Renomados terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram uma recente pesquisa onde nota-se que os membros das famílias brasileiras estão cada vez mais frios: Não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades e só se ouvem críticas.

As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam ‘valorizando os defeitos’ dos outros. Por isso, os relacionamentos de hoje não duram.

A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e alta renda. Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa, não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos se elogiando; amigos, etc.

Só vemos pessoas valorizando artistas, cantores, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por conseqüência são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto. Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias.

A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para dentro dos consultórios. Acabam com seus casamentos, acabam procurando em outras pessoas o que não conseguem dentro de casa.

Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos, subordinados.Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos parceiros ou nossas parceiras, o comportamento de nossos filhos.

Vamos observar o que as pessoas gostam. O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo quer se sentir querido, a boa dona de casa valorizada, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro; é impossível um homem viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa.

Texto: Arthur Nogueira (Psicólogo)

Quantas pessoas você poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?
Comece agora!
EU ESCOLHI VOCÊ PORQUE:

Você é uma pessoa maravilhosa!

2 comentários:

Ana Paula disse...

Olá;
Sou estudande de Serviço Social e me formo no meio do ano. Amei o blog e o texto que sua aluna enviou! E acho relmente que falta mais carinho e atenção entre as pessoas! Pois é isso que realmente faz a diferença na vida das mesmas! Em relação a atuação do Assistente Social na Educação sou leiga, pois não sei como o profissional atua nas escolas! Me interesso muito sobre o assunto! Se puder me enviar materiais ficarei muito grata! Parabéns pelo Blog!

Ana Paula

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

oieee!

a sua irmã e minha amiga Marineide me indicou o seu blog, e é claro que eu vim correndoooo conhecer!
parabéns pelo blog!
nota 10!!!

=D


FRAQUEZAS HUMANAS

ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
 Tєηнα µмa

    »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
     ξx¢εlεηtε

      »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
          semaninha!

            »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«


"DEFICIENTE"

é aquele que não consegue modificar sua vida,
aceitando as imposições de outras pessoas
ou da sociedade em que vive,
sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"LOUCO"

é quem não procura ser feliz com o que possui.

"CEGO"

é aquele que não vê seu próximo morrer de frio,
de fome, de miséria.
E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"SURDO"

é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo,
ou o apelo de um irmão.
Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir
seus tostões no fim do mês.

"MUDO”

é aquele que não consegue falar o que sente
e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"PARALÍTICO"

é quem não consegue andar na direção
daqueles que precisam de sua ajuda.

"DIABÉTICO"

é quem não consegue ser doce.

"ANÃO"

é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente,
a pior das deficiências
é ser miserável, pois

"MISERÁVEIS"

são todos que não conseguem falar com Deus.

(autor desconhecido)

            »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
              вєιjσкαѕ

                »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
                    ησ ♥

                   »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«

Related Posts with Thumbnails

.

 
Topo